Mulher indiana dá à luz a um filho aos 70 anos e se torna uma das mães mais velhas do mundo

Notícias

A história que estamos prestes a contar é verdadeiramente incrível. Você acreditaria se disséssemos que uma mulher acabou de dar à luz a seu primeiro filho na idade avançada de 70 anos? Muitos ainda acham difícil acreditar nessa afirmação, tendo em vista que a nova mãe em questão não tem carteira de identidade válida que confirme sua idade ou não, mas o fato é que ela já entrou no Guinness Book of Records como uma das mulheres mais velhas do mundo a se tornarem mães!

Esta incrível história se passou na Índia, em um vilarejo pobre chamado Mora, na região de Gujarat, e tem como protagonista um casal de idosos que há pelo menos 45 anos, pelo menos segundo o que os dois declararam, tentavam desesperadamente ter um filho. Os dois, Jivunben Rabari e seu marido, Maldhari, de 75 anos, disseram que tentaram de todas as formas, mas sem sucesso. Agora, graças à técnica de fertilização in vitro, a mulher que diz ter 70 anos (mas não tem documento de identidade válido que confirme sua data de nascimento) deu à luz a seu primeiro filho. Um recorde detido por poucas outras mulheres em todo o mundo.

O Dr. Naresh Bhanushali, que os seguiu passo a passo na fertilização assistida, disse com espanto: “quando eles nos procuraram pela primeira vez, dissemos que não poderiam ter um filho em uma idade tão avançada, mas eles insistiram… Eles disseram que muitos de seus familiares também tinham feito isso; posso dizer com segurança que este é um dos casos mais raros que já vi em toda a minha carreira médica!”

Mas o eventual recorde de Jivunben Rabari, se sua idade for confirmada, já foi batido em 2019 por outra mulher, sempre indiana; ela se chama Mangayamma Yaramati e no momento ela é a mãe mais velha do mundo; aos 74 anos deu à luz a gêmeos graças à fertilização in vitro: um verdadeiro milagre!